Planejamento: Oportunidade ou Obrigação

No Brasil planejamento é sempre um tema que não é nosso forte. O Planejamento de Vida em conjunto com um planejamento financeiro ainda é uma inovação por aqui. Eu trabalho para que esse conceito vire um padrão para o futuro. Mas a verdade sem nenhuma desculpa é a seguinte: ou encaramos essa forma de planejamento como uma baita oportunidade de melhorar ou em algum momento ela se tornará uma obrigação!

Deixa eu contar uma história

Ao conversar com vários clientes em nossas reuniões notei que todos ressaltam suas dificuldades. Será que os tempos atuais é que estão assim ou nós é que deixamos que ficassem assim? Sem dúvida cada um sabe onde aperta seu calo, e todos temos! Mas no meu trabalho eu tento reverter essa visão. Não podemos culpar os desafios da vida por nossa omissão em persistir na luta do que realmente temos que fazer para construir nossa vida e nosso futuro através das atividades do planejamento. Todos sabemos da lei da natureza: sem esforço, sem recompensa.

Persistência na coisa correta pra não ficar acreditando em Gênios da Lâmpada. Acreditar em atalhos ou soluções mágicas é muito comum por não querer, ou saber, encarar a realidade. Desistir é fácil, persistir exige energia, saber os passos e principalmente saber por que fazer tudo isso.

“Quem Planeja tem Futuro! Quem não Planeja tem Destino.”

Esse é o lema de uma campanha da Planejar.org que atua na difusão da importância do planejamento feito com o acompanhamento de um planejador profissional.

Ótima frase e tem tudo a ver com o tema deste texto. Na prática vai funcionar assim: algum destino todos vamos ter, porque não dominamos o tempo, ele é democrático com todos, vai acontecer. A vida vai nos levar a fazer escolhas, tomar decisões, quer queira ou não. Portanto destino é o incerto e certo ao mesmo tempo. Incerto porque você assume o papel de passageiro e certo porque quem não planta, não colhe.

Já a palavra Futuro define algo que você almeja, você sabe que quer aquele futuro para você. Se é assim, qual o plano a ser seguido para te levar até ele? Qual o esforço? Minhas decisões estão condizentes com esse caminho? Estou sendo influenciado externamente de forma errônea? Todas essas questões serão analisadas, acompanhadas e respondidas com o Planejador. Ele vai garantir a formação e manutenção do seu Planejamento que vai formar seu Futuro e melhorar seu presente.

Portanto é uma baita oportunidade se você planejar! Vai sair mais barato, mais recompensador e menos dolorido. Caso contrário, em algum momento, vai virar obrigação, vai ter que sair correndo porque nunca fez, vai ficar mais caro e bem mais ardido.

Plan Well to Live Well – Planejar Bem para Viver Bem

No último dia 02 de Outubro foi comemorado o World Financial Planning Day (Dia Mundial do Planejamento Financeiro – https://worldfpday.org/) promovido pela FPSB (Financial Planning Standards Board). Uma iniciativa mundial de conscientização sobre a necessidade de planejamento. E o título acima foi o carro chefe deste ano.

Uma frase simples mas poderosa. Tem toda conexão: um bom planejamento vai te trazer uma boa vida. Ah mais aí é que está: será que meu planejamento tá bom? O que é uma boa vida? Sem ir a fundo nessas definições podemos entrar numa armadilha imposta por nós mesmos, pelo mercado, por pessoas ao nosso redor, etc.

Análise sobre um bom planejamento:

  • Não tenho nenhum: comece o quanto antes, nunca é tarde demais. Procure profissionais isentos pra te acompanhar. Vai sair mais barato do que imagina e vai te garantir equilíbrio presente e futuro.
  • Tenho mais ou menos: para de se enganar e vá checar. A lei da vida e da natureza é simples nesse ponto, se sabe o que tem que fazer vai colher o resultado que quer ou vai ficar achando que sabe mas vai ter que se contentar com o que vier. Nunca mire só o que tá bom, mire o melhor que poderia ser.
  • Acho que tenho um bom Planejamento: ótimo, mas certifique-se, não se acomode. Não deixe a vida passar e ser cegado por sua autoconfiança exagerada. Questione, tenha humildade, vá atrás de mais de uma opinião. Consulte um Planejador profissional.

Ao ir a fundo no quesito Planejamento, ele vai te ajudar na segunda pergunta sobre o que é uma boa vida para você, pode ter certeza!

Abraça a Realidade e Foco nas Ações do Planejamento

No nosso país atualmente existem cerca de 62 milhões de devedores, uma pequena parcela investe a longo prazo e poucos o fazem de forma frequente. Mas grande parte da atenção é voltada para novidades como robô advisors, moedas virtuais, etc. Isso pode atrapalhar. “Mas cada um não tem que cuidar da sua situação?”.

Sim, mas nossa cultura ainda é fraca neste aspecto e nosso mercado, e também o governo, transmitem uma mensagem que pode confundir muito o foco que deve ser dado. Causa a impressão que se não faço o investimento da moda ou ainda não interajo com as novidades é o motivo que minha situação não melhora. E isso não é verdade.

Lidar com o dinheiro sem dúvida exige preparo e muito mais do que a maioria imagina. Mas a receita é básica e de conhecimento público: gastar menos e investir mais. Mas o básico não implica ser fácil. Tem um método de análise de fracasso de metas ou objetivos que uso bastante e aprimorei. Uma parte dele é baseada em 3 perguntas:

  • Você tinha as pessoas certas?
  • Você tinha o conhecimento certo?
  • Você teve as ações corretas?

Eu não fiz uma análise numérica, mas observo no dia a dia que a maior falha das pessoas está nas ações. Pela lógica é compreensível porque se você acha que tinha as pessoas certas, que acreditou que sabia o que fazer, sua falha vai aparecer nas ações que não vão trazer os resultados e metas que precisava ou até mesmo por omissão das ações.

A pergunta é: Por que as pessoas não fazem o que deveriam fazer?

Mais uma vez o ditado médico: “Sempre o preventivo é melhor, mais eficiente, menos dolorido e mais barato!”. Mesmo assim deixamos de fazer, escolhemos o pior. Lembra do que mencionei sobre exaltar as dificuldades? Pois é aqui vamos flertar com o famoso pôr a culpa no externo.

Ter clareza sobre os fatos, sobre seu momento, é fundamental para seu bem e para o próximo passo que é saber o que fazer. Neste aspecto sempre ressalto: siga o que planejou. Mas para isso tenha certeza que tem um planejamento robusto, sem achismos nem comodismos. Essa já vai ser sua primeira escolha na direção correta: vai encarar como oportunidade ou vai deixar virar necessidade?

Fique Bem de Vida !!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: