Por Menos Retrospectiva e Mais Perspectiva

É da nossa cultura a divisão temporal e os efeitos psicológicos que sofremos com ela. Fim de ano, começo de ano, avaliar o que passou, pensar no próximo período, etc. Por que só agora? Por que essa carga generalizada nessa mudança temporal? Meu desejo para todos é aprender e praticar menos retrospectiva e mais perspectiva! Faça você o seu tempo!!

Agora e Depois (Contexto e Circunstância)

Existe um padrão mental, do bicho que somos, de pensar no agora. Possivelmente vem da nossa necessidade de sobrevivência. Legal, mas precisamos conciliar com a máxima do “a única certeza é a mudança”. Em resumo não dá pra ficar sempre olhando pro umbigo, andar sem olhar pra frente pode resultar numa bela topada.

Existe uma tendência de você projetar seu futuro baseado na sua circunstância atual. E o mercado se aproveita disso de uma forma muito sutil, você nem percebe. Por exemplo é a oferta de produtos financeiros (vulgo investimentos) que rendem zilhões por cento acima do CDI. Quem nunca viu ou recebeu uma oferta dessas? Tentador, tenho que aproveitar se não vou perder a oportunidade.

O padrão que precisamos trabalhar aqui é o famoso rentabilidade passada não garante o mesmo ganho no futuro! Como somos inclinados ao agora e projetamos baseado nisso, a oferta se apropria desse fato para ser algo que tem que ser aproveitado imediatamente, senão você perde e por isso que sua vida não anda. Eu trabalho muito com meus clientes a cultura de saber avaliar riscos  e corrigir rotas. Planejar é buscar o equilíbrio do hoje e do depois. Isso vai refletir nas suas escolhas de alocação de recursos e principalmente na sua qualidade de vida.

Lições e Aplicações (aprender e colocar em prática)

Lógico que é bom e lucrativo fazer uma retrospectiva para ver o que foi aprendido, quais as lições que a vida nos deu em determinado período. Pode até ser nessa época de fim de ano, mas por favor que não seja só nessa época! Isso tem que ser incorporado no seu modo de viver. De um certo jeito você perde recursos, vida e dinheiro ao insistir em não praticar o que a vida está tentando te ensinar.

Fez isso? Não adianta nada! Se não colocar em prática. Tema recorrente mas gosto de lembrar: quando criança aprendemos olhando, ouvindo e fazendo. Ao ficar adulto perdemos as duas primeiras, é só fazendo é que algo se incorpora ao seu hábito! Por isso meu trabalho tem uma parte intrínseca  de acompanhamento. Todos necessitamos de um olhar de fora para nos ajudar a persistir nessa missão de mudança e aprendizado. Não deixar o ego atrapalhar sua auto avaliação.

Recentemente eu me reencontrei com uma lição, o conceito V.U.C.A. Rápida explicação para quem ainda não conhece: é um conceito que molda e ajuda a explicar o jeito atual de viver que é (traduzido) Volátil, Incerto, Complexo e Ambíguo. Vou trazer minha visão desse conceito e como, com planejamento, saber aplicar no seu dia a dia.

Planejamento e Ação

Volatilidade quer dizer que as coisas mudam muito rápido nos dias atuais, mais que no passado. Esse fato deve ser levado em conta no seu plano mas sem gerar ansiedade nem tão pouco inércia. Lembram que falei, planejar é saber corrigir rotas!

Incerteza significa que é muito difícil fazer previsões. Isso gera em nós o mesmo medo de dirigir um carro com neblina, não dá pra ver o que vem na frente. Aceite o fato de que não controlamos tudo mas faça sua parte muito bem feita, essa sim é a única que controlamos.

A Complexidade se forma porque agora com acesso fácil a informação conseguimos ver como tudo está conectado. Esse é um fator muito legal quando mostro a meus clientes que cuidar do seu orçamento é diretamente proporcional à atingir seus objetivos. Que saber o que quer da vida de forma estruturada está ligado a boa utilização do seu dinheiro. Que saber priorizar traz paz e luz para seguir em frente.

Ambíguo é porque sempre teremos várias interpretações de uma mesma circunstância. Muita informação pode causar o mesmo efeito de pouca informação, por isso a importância da isenção e do combate ao conflito de interesses ao se aconselhar. Eu trabalho com a filosofia que planejar é para a vida. Só assim as tomadas de decisões sobre seu dinheiro e seus recursos farão mais sentido.

Boa Mensagem não só para 2019

Eu sempre falo que não gosto de deixar conselhos, gosto de deixar boas mensagens. Do passado só devemos tirar aprendizados. No presente e futuro saber aceitar suas escolhas e investir em planejar. Eu trabalho muito com pessoas para romper com nossa tradição de uma cultura fraca em planejamento, se reinventar para o momento e com inovação para enfrentar o que vem pela frente. Saber lidar com o tempo é crucial para ter rapidez nas mudanças necessárias e agilidade de adaptação. Canalizar toda a criatividade que temos para o bem do nosso plano de vida, saber discernir dos que se aproveitam disso para nos tornarmos mais resistentes e principalmente termos mais qualidade de vida.

Fique Bem de VIDA !!!

Um comentário em “Por Menos Retrospectiva e Mais Perspectiva

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: