Dia a Dia e Dinheiro: como um pode atrapalhar o outro

Uma luta constante dos meus clientes é equilibrar o dia a dia com seu planejamento. Tanto para o futuro como para conseguir viver melhor o presente. E realmente é uma batalha que também compartilho e temos diversos adversários a enfrentar. A única opção? Mãos à obra para aprender como lidar com isso, só assim nossa vida e dinheiro estarão em equilíbrio.

Dia a Dia X Planejamento

Todo mundo já ouviu falar e também já escrevi sobre a questão do tempo Presente. Como ele é importante e único. Ele é o seu dia a dia. Porém quero dar um novo olhar na relação dele com uma nova camada que é o Futuro. Este último deve ser uma das molas que irá te impulsionar a mudar o seu modo atual de fazer as coisas. Óbvio? Para entender sim, para praticar nem tanto.

Se seu planejamento não estiver alinhado verdadeiramente e sem miopia com seu futuro, nós sempre vamos falhar nas atitudes necessárias de adaptação do presente, e em geral colocar a culpa no externo, e também fazer más escolhas em matéria de dinheiro. Um termo muito usado ultimamente são os auto sabotadores.

Alguns Auto Sabotadores bem comuns

Crise. Escuto muito que nesse momento de crise algumas pessoas não querem começar a planejar e outras ficam com receio de continuar seu planejamento. Elas tem que trabalhar mais e não sobra tempo (eu não gosto da palavra “sobra”, ela é pobre de energia e segue o velho ditado que se esperar sobrar você nunca vai ter nada).

Novidade amigos: sempre estivemos em crise! Umas mais fortes que outras mas sempre houve crise pois somos uma país novo e leva muito tempo até uma sociedade atingir um nível social mais forte. Pergunte a seus pais e avós e eles responderão que sempre tiveram que lidar com isso. Porque alguns prosperam e outros não? Será que eles esperaram a crise passar ou melhorar? Será que somos nós que não mudamos e sempre reagimos do mesmo jeito às crises? Aprender e investir em Planejamento não é justamente para ajudar nesses momentos?

Crianças. Atendo muitas famílias que têm filhos pequenos e eles ou participam da reunião, se tem idade pra isso, ficam brincando do lado ou os pais se programam para a criança ficar com alguém para eles terem tempo de planejar justamente para o bem dela. Eles não usam as crianças como desculpa para não fazer diferente. Procuram combater a angústia de entregar bens materiais. Crianças precisam de suporte, atenção e amor e só com planejamento você será capaz de enfrentar o dia a dia e prover o presente e futuro para elas.

Cônjuge. Sempre falo que relacionamentos são uma sociedade. Se sabe trabalhar com seu sócio, a empresa vai prosperar e o planejamento vai fluir e ajudar nas metas. Mas vejo muitas pessoas em relações disfuncionais. O barquinho não anda o que poderia andar, ou quase afunda, e a culpa é do outro? Pois bem, se aceitou entrar no barquinho, entenda que ou todos vão bem ou não. O quanto antes enxergar essa situação melhor. E depois ter força e amor para ir atrás de como fazer diferente e melhor.

Ao trabalhar o Planejamento de Vida e Finanças isso será incentivado, pois só com objetivos em comum bem esclarecidos e uma metodologia para ajudar no caminho é que uma relação tem força para enfrentar o necessário.

Saber usar o Tempo e Juros a seu favor

Tempo é uma das coisas mais democráticas que existem. Ele age sobre todos do mesmo jeito. O que cada um escolhe fazer com ele é que difere. E nesse ponto vou ser provocativo ao dizer que lidar com o tempo é uma questão binária: ou você usa a favor ou será usado contra.

Eu aplico isso quando vou explicar a ligação dos seus objetivos com seus investimentos, que são regidos por juros. O fator tempo é fulminante na equação dos juros compostos. É um diferencial enorme entre atingir ou não o que se almeja. Por isso fico muito triste quando alguém não consegue, ou não quer, entender esse equilíbrio.

Lógico que eu sei o quanto é difícil parar no dia a dia, também já sofri disso, mas sem fazer diferente o resultado será……

A gente sempre espera estar pronto para começar algo mas nunca começa algo para estar pronto. Precisamos reverter a cultura do não posso, não sei, não consigo. Vamos exercitar substituir frases negativas por positivas. “Não vejo onde encaixar” por “Vou aprender a priorizar”. “Agora não dá” por “Deixa eu experimentar senão não vou saber”. “Estou sem dinheiro” por “Como enxergar para onde meu dinheiro está indo?” e assim por diante.

Lição para a Vida mandar no Dinheiro

Uma grande lição que aprendi esse mês com Rodrigo Giaffredo foi que “Ou Você Vê Oportunidade ou Vê Obrigação!”. Entenda que planejar seu dia a dia está muito ligado com planejar seu dinheiro e pode trazer ganhos de qualidade de vida no presente e no futuro.

Se você escolhe ver planejamento como obrigação não dará o devido valor e muito provavelmente só verá custo e não o caminho para algo melhor. O dinheiro estará dominando o seu  dia a dia e alguém, menos você, poderá estar se aproveitando disso.

O que eu realmente desejo com esse texto é que optem por ver Planejamento de Vida e Finanças como uma oportunidade que requer sim atitude e mudança, mas que é o melhor caminho.

Fique Bem de Vida !!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: