Planejamento Financeiro: o que você nem sabe que precisa?

Tenho clientes jovens na faixa de 25 anos. Eles me dizem que não imaginavam que teriam que estudar tanto para ter um lugar no mercado. Tenho clientes de 30 anos que nem sabiam que teriam tanta despesa e responsabilidade ao constituir uma família. Tenho clientes de 40 anos que não sabiam que suas decisões do passado estariam definindo sua qualidade de vida no presente. Tenho clientes de mais de 50 que não conseguem imaginar porque aos 25 não conseguiam ver quanta coisa precisavam pensar para ter uma situação melhor no futuro.

Vamos transportar estas situações para o seu Planejamento Financeiro. Quero com esses exemplos fazer entender que precisamos primeiro admitir que tem muita coisa que não sabemos e deixamos passar. Em segundo lugar diminuir nossa arrogância natural ao constatar esse fato. E em terceiro fazer algo com isso, mudar as atitudes, ir para a ação.

Portanto vou relatar alguns pontos que você nem imagina que precisa sobre Planejamento:

 

  • Os Perigos de Achar que Está Bem
  • Independência
  • Inteligência Relacional
  • Acompanhamento

 

Os Perigos de Achar que Está Bem

Escrevi num artigo sobre alguns desses perigos (Tempo é Dinheiro… será mesmo?), também relatados pela comunidade de planejamento mundial de como os as pessoas precisam de mais proteção do que imaginam ao tratar das suas finanças.

Além disso um fator que noto muito forte na nossa cultura é o comodismo: seja pela nossa falta de educação ou seja pela “dominação do dia a dia”.

A falta de educação, no sentido de planejamento e de finanças, nos coloca em perigos ao não ver o quanto estamos perdendo dinheiro ao correr atrás do que rende mais e o quanto realmente precisamos nos ocupar com nosso futuro.

O que chamei de “dominação do dia a dia” é o quanto deixamos a situação nos dominar. Estamos tão cansados e sem tempo para planejar que nos colocamos em perigo perante o contexto da vida. É como se andássemos olhando somente para os pés. Isso resulta em decisões imediatistas, em ganância e falta de priorização sobre seus objetivos.

Independência

Eu tenho uma opinião muito negativa sobre o “marketing de depoimentos”. Aquela classe de comerciais em que sempre aparece alguém dando um depoimento como se tivesse sido pego de surpresa ou estivesse falando naturalmente sua opinião, parecendo que não está sendo filmado. Só eu acho o quanto isso é falso?

Atores famosos fazendo propaganda de como determinadas instituições cuidam das suas finanças para que eles possam ter uma vida tranquila e de sucesso.

O que você nem sabe que precisa é Independência! Não acredite em instituições que quebram o princípio da isenção: têm seu lucro baseado na venda de produtos, não estão nem aí se é o melhor a seu propósito, mesmo que mascarem isso ao dizer que te instruem como aplicar, que te conhecem e sabem o que é bom para você.

Taxa de administração você paga para alguém administrar seu dinheiro em troca de bons lucros. Pois bem, a maioria delas são cobradas para te entregar uma administração horrível, que você mesmo poderia fazer se fosse planejado, e comem uma grande parte do seu lucro.

Inteligência Relacional

Esse é um tema muito novo e também inovador. Trata de como temos que investir e desenvolver a nossa habilidade de mobilização para gerar valor com significado e melhores resultados bem acima da média.

Eu tive contato com ele recentemente através de uma palestra e um texto (Inteligência Relacional: um novo tipo de networking) da Raquel Rodrigues – Treinadora de Alta Performance, Autoconhecimento e Desenvolvimento Pessoal. A questão das 5 habilidades da Inteligência Relacional que precisamos desenvolver é fantástica.

Tem tudo a ver com planejamento de vida e finanças. Viramos presas fáceis quando ficamos paralisados seja por medo, por conforto ou por falta de conhecimento. Então investir em qualidades que te impulsionam a ser melhor, entender o que é valor para você, e não o que te impõem, é obter resultados alinhados ao seu plano de vida e por consequência seu dinheiro vai render mais também.

Acompanhamento

Em geral existe um conceito sobre planejamento que não considero o melhor e o mais correto perante a realidade. Todos tem uma imagem mental subliminar ao pensar em planejamento como uma etapa, algo que tenho que finalizar para ir para a execução. Isso é plano. Planejamento é maior, é vivo e é um processo contínuo.

Assim como a vida não é quadrada e certinha, por mais que alguns insistam nisso, o planejamento tem que acompanhá-la. Ele não pode ser estático, tem que ser corrigido com o resultado de cada passo para retroalimentar o processo. Corrigir a rota é planejar e faz parte dessa engrenagem. Não encarar isso é correr riscos óbvios e colocar em perigo seu planejamento financeiro. Isso pode ocasionar tanto num presente ou num futuro (ou os dois) sem qualidade de vida.

Por isso o acompanhamento é o guardião que seu dinheiro está sendo bem encaminhado para seus objetivos. A economia, a política, a sociedade e seus sonhos mudam. Acompanhar tudo isso sabendo fazer as correções e adaptações necessárias é que vai garantir um caminho feliz para um objetivo de sucesso.

No fundo será que realmente você não sabia que precisava desses itens que mencionei? Talvez uns mais que outros ou apenas nunca parou pra concatenar tudo. Medo são coisas do passado projetadas no futuro. Obter um acompanhamento especializado é caminhar junto, de forma independente e realmente focado nos seus verdadeiros objetivos. Precisamos de luz para seguir em frente a uma vida plena!

Fique Bem de Vida !!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: