Tempo e Planejamento: mais Vida, mais Dinheiro

Uma das coisas que mais escuto como Planejador, atuando junto à formação do planejamento de vida das pessoas, são as questões ligadas ao tempo. “Quanto tempo leva para formar meu planejamento?”; “Não tenho tempo para controles”; “Não deu esse mês”; “Quanto tempo vou ter que gastar nas atividades do planejamento?”; “Ah seu eu tivesse começado antes…”.  Pois bem vou resumir essa questão nas palavras de Rick Warren: “A importância das coisas pode ser medida pelo tempo que estamos dispostos a investir nelas” (do livro Uma vida com propósitos).

 

Se é importante mesmo você vai ter tempo. Mas pode haver o problema de não ter noção da importância, ocasionado por uma falta de visão, problemas do dia a dia, momento difícil da vida e até mesmo crenças limitantes. Por isso é importante buscar uma perspectiva de fora, quebrar paradigmas de cabresto, saber avaliar dados e fatos com clareza e equilíbrio para interromper a cultura de ‘achismos’ que podemos herdar de nossos entes queridos ou do meio que estamos inseridos. Sucesso está na combinação de consistência e esforço.

 

Um grande agressor à disciplina do sucesso, mais ligado à variável esforço, está nos traços hedonistas (doutrina moral surgida na antiga Grécia em que a busca pelo prazer é o único propósito da vida) que se observa na sociedade de consumo rápido e instantâneo do momento. Não que esteja totalmente errada mas o problema está em que nos adaptamos ao conforto e tendemos a esquecer o esforço necessário para alcançá-lo e mantê-lo. O velho ditado que a dor da perda é maior que a satisfação do ganho traz consequências.

 

Mais ligado à questão da consistência, outro agressor é a prisão ao passado. É confortável para o cérebro humano repetir padrões, gasta-se menos energia. Ou ficar remoendo erros como justificativa âncora para não tomar atitudes consistentes que levarão à mudanças. Independente do que houve no passado, só faz sentido se você tirar aprendizado e puder utilizar como base para suas novas ações no presente. Caso contrário esqueça! Só estará repetindo padrões fora do seu tempo e circunstância, mesmo que muito parecidos. No mercado financeiro o ditado condizente é “Ganhos passados não representam ganhos futuros!”

 

Pois bem, está nas nossas mãos hoje a atitude que vai definir nosso sucesso ou fracasso. Então eu acredito que devemos investir nosso tempo em planejar e tomar atitudes, sempre nessa ordem e esquecendo a soberba de tentar ter o plano todo, faça isso até onde consegue ter visão. Depois o fruto dos resultados, independentes se bons ou não tanto, será o alimento para o próximo ciclo de planejamento e atitude. Dessa forma você constrói e sente sua vida sendo bem utilizada. Começa a evitar e afastar erros como negativismo, exagero, metas irreais, teimosia, tudo ou nada e muitos outros.

 

Tudo isso se aplica à vida e a dinheiro. Eu gostaria que soubessem que planejamento é possível para todos independente de não enxergarem como, de quanto ganham ou gastam, de quanto se preocupam com futuro ou estão presos ao passado. Eu gostaria que sentissem como é recompensador atingir seu equilíbrio passado-presente-futuro, poder viver bem agora e se preparar para continuar vivendo bem no futuro. Para tanto eu gostaria que fizessem uma reflexão de como estão usando o tempo de vocês para que isso se reflita em atitudes de mudança real e para melhor. É isso que me faz brilhar os olhos no meu trabalho, ao ver todo tipo de pessoa que, disposta a trabalhar seu tempo com planejamento, começa a ter uma vida melhor e respectivamente trabalhar adequadamente seu dinheiro para isso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: