Oito ou Oitenta, assim ninguém aguenta

 

Em se tratando de planejamento de vida e financeiro observo uma tendência nas pessoas a optarem pelos extremos. Odeiam ou amam, concordam cegamente ou discordam a ponto de nem ponderarem mais sobre o assunto. Acreditam em notícias repassadas nas mídias mas não consideram o fato evidente ao seu lado. Desse jeito não estamos vivendo plenamente apenas reagindo, optando pelo mais fácil que é o binário, sim ou não, 8 ou 80.

 

Como o título do livro do headhunter e empresário Robert Wong: “O sucesso está no equilíbrio”, optar tanto por 8 ou por 80 é a escolha mais pobre, a que não te traz a plenitude que podia ser alcançada. A vida é repleta de picos e vales, altos e baixos, mas o sucesso realmente está no equilíbrio de suas escolhas. Os dois pólos em geral estão enganados, encobertos por excesso ou falta de legitimidade. Porque não considerar maior reflexão e informação e trabalhar para chegar ao equilíbrio?

 

Vamos exemplificar. Ao perguntar a uma pessoa porque só investe em poupança e ela responder “Porque é mais fácil”, ela está escolhendo o 8. Ao contrário, se alguém lhe disser “Eu fico de olho no mercado, leio muitas revistas de economia e estou sempre indo onde posso ganhar mais”, escolheu o 80. “Só invisto em financiamento de imóveis, assim como meus pais e meus avós” ou “Não vou pagar pra ter informação que consigo na internet”, olha o 8 de novo. “Jamais vou poupar, não sei se estou vivo amanhã” ou “Quem planeja muito não faz nada”, e lá vamos pro 80.

 

Quem busca conhecimento não precisa de dicas. Quebrar padrões não significa jogar todo o conhecimento fora, você pode apenas querer atualizar, adequar para o momento atual. O que você aprendeu com seus antepassados tem valor, mas não significa que é imutável, que não necessita ser aprimorado. Não é porque deu certo no passado, com as circunstâncias daquele momento e daquela pessoa, que é uma regra infalível. Temos a tendência a repetir padrões, por isso devemos estar atentos, abertos e ativos a ir atrás de informação. Ao fazer isso estamos optando pelo equilíbrio.

 

Não espere precisar para dar valor. Essa frase tem um valor fantástico e pode ser aplicada nos vários aspectos da vida. Portanto procure enxergar suas atitudes e escolhas. Verifique se você analisa as situações, decide suas escolhas e age em geral com equilíbrio ou com extremismos (8/80). Não consegue ou não tem certeza? Procure ajuda, vergonha é não evoluir, desperdiçar a chance de ser melhor que a vida lhe dá. “Uma vez alguém me disse a definição de inferno: no seu último dia na terra, a pessoa que você se tornou encontrará a pessoa que você podia ter se tornado” (do texto de Zdravko Cvijetić, CEO da Zero to Skill)

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: