Resultado da Análise de Vulnerabilidade Financeira

Observações: Este teste tem o objetivo de ajudar a traduzir o que muitas vezes é subjetivo para algo objetivo. Para sair de uma situação o primeiro passo a saber com clareza como se encontra. Sei como profissional de planejamento que este teste sozinho não vai resolver tudo, e nem tem esta pretensão. Mas ao avaliar sua situação de forma estruturada pode ajudar a iluminar pontos que deve atuar e vão ajudar.

  • Gerenciamento da Crise
    • Aceite suas escolhas e sua situação. Neste momento não vai ajudar ficar remoendo o que devia ter feito. Direcione sua energia para ações que vão ajudar no presente
    • Parar a espiral negativa: foco nas soluções e um passo por vez
    • Calma: cérebro sobrecarregado prejudica a percepção
    • Necessário vem em 1º lugar, o possível depois
    • Filtro nas influências externas e em informações da internet. Procure informação sobre a saída, não fique vendo só informações sobre o problema
  • Gestão do Orçamento 
    • Revise ou aprimore o que sabe sobre Orçamento
    • Conceito de Orçamento que aplico: é o controle de gastos e receitas dentro de uma estrutura organizada que ao ser abastecida te dê informações claras para que tome boas decisões
    • Controle exige disciplina e entender por que está fazendo esta atividade, qual será sua recompensa: crises são a mãe da consciência e da disciplina
    • Estruturas de orçamento você encontra aos montes pela internet. Eu recomendo uma estrutura simples e funcional. Se for muito detalhista vai te dar muito trabalho pra cuidar. Se for muito genérica não vai te dar informações boas.
    • Crie o hábito de tirar informações do seu orçamento. Ele te mostra comportamentos, teimosias, desperdícios, o quanto vai conseguir economizar por gastos que não pode mais ter devido à quarentena, etc
    • Se você usa seu orçamento só para juntar dados ou para “falar que faz”, mude seu conceito urgente
    • Classifique seus gastos:
      • Gastos de Valor Aberto: aqueles que vão sendo formados ao longo do mês. Ex: supermercado, lazer, delivery, etc. São aptos a colocar metas e o resultado é rápido caso precise economizar
      • Gastos de Valor Fechado: gastos com seu valor já conhecido no mês. Ex: aluguel, escola, condomínio, assinaturas, etc. Esse tipo vai exigir uma análise no seu padrão de vida. Em geral estão atrelados a contratos, multas, carência, etc, o que torna seu resultado mais demorado caso precise
    • Quer uma ideia resumida e simples de como começar? Acesse meu Planner
  • Reserva de Emergência
    • Se tem reserva agora é o momento de avaliar se está bem feita. Regras genéricas de ter 6 a 12 meses de gastos como reserva às vezes podem não ser o melhor
    • Pergunte-se: como você vai estar daqui 6 meses? E daqui 1 ano? Está preparado para próximos desafios?
    • Se for precisar não tenha receio de usá-la, ela foi feita para isso
    • Se ainda não tem, esse momento mostra o quanto ela é importante para sua vida e rentável para seu bolso, vale o esforço de formá-la para o futuro
  • Observe alguns Limitantes Comportamentais que ficam evidentes nessa época
    • Aversão à Perda: vi muitas pessoas fazerem péssimas escolhas por medo de perder. Clareza ajuda muito neste julgamento
    • Viés de Confirmação: tendência que a mente humana tem de abraçar informações que apoiam suas crenças e rejeitar dados que as contradizem. Efeito “mula empacada”
    • Ilusão de Foco: Cérebro presta atenção no que é emocionalmente marcante e ignora o que não é, mas é parte importante para decisão
  • Investimentos e Patrimônio
    • Nos momentos de crise é que devemos mostrar sabedoria, ou seja, colocar inteligência e discernimento em prática
    • “Quem vive olhando pra bola de cristal, está fadado a comer caco de vidro” (Ray Dalio)
    • Conceito de Patrimônio: ativo te traz dinheiro, passivo te leva dinheiro. A patrimonialização do seu dinheiro tem que estar de acordo com seus objetivos e necessidades. Fatores emocionais e más influências podem causar desequilíbrio nessa visão
    • Ganância + Medo + Impaciência = Prejuízos
    • Um bom balanceamento vai sempre salvar seus ativos. Mas ele vai depender do seu planejamento de vida para ser eficaz
    • Cuidado com o efeito manada e com as influências do mercado. Busque uma visão isenta
  • Recomendável ter um Planejamento para o curto, médio e longo prazo
    • Saber corrigir rotas: pode ser que tenha que direcionar o valor que destinava a alguns objetivos para poder passar esse momento bem
    • “Não espere ficar bom para tomar o remédio”. Tempo e dinheiro não levam desaforo, comece agora um Planejamento
    • Escreva os objetivos que precisa
    • Aprimore o controle das finanças
    • Ótima época para rever o papo de grana em casa
    • Cuidado com opiniões e influências externas, crie filtros
    • Na hora de decidir algo vá com calma, lembre-se: Decisão = Perceber + Avaliar + Escolher

Sem dúvida se preocupar com formas de renda será um esforço e uma necessidade. Mas só ir atrás de renda sem ter um planejamento e uma gestão podem te atrapalhar bastante. A solução começa em casa!

Fico à disposição para dúvidas e também quem quiser conhecer meu trabalho de Planejamento de Vida e Finanças Pessoais, basta entrar em contato eduardo@fiquebemdeivda.com.br

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: